domingo, 20 de maio de 2012

Carta de Agradecimento ao Dr. Gerivaldo Neiva


Fênix  *

Carta de Agradecimento ao Dr. Gerivaldo Neiva[1]

Em pleno 17 de maio, data internacional em que se comemora atos contra a homofobia, sou agraciada com a notícia que mais esperei por todos esses meses -  a autorização judicial para a mudança do meu prenome e sexo nos documentos. Diante dos preconceitos que já passei por ser uma transexual e dos constrangimentos explícitos vividos ao apresentar meus documentos com o nome masculino, a decisão favorável do magistrado Gerivaldo Neiva para comigo contribuiu no enfraquecimento do preconceito deliberado que ainda persiste.
A alteração nos  meus documentos do masculino  para o feminino, mesmo que não estejam  dependentes da cirurgia de readequação genital, mostra a sensibilidade de Drº Gerivaldo  a uma situação, que, na  maioria das vezes é tão repudiada pela sociedade.  Sua atitude contribuiu não somente para a minha felicidade como pessoa e reintegração na sociedade, mas para o fortalecimento das práticas existentes a favor dos transgêneros.
Finalmente, posso dizer que minha personalidade e meu corpo se encontraram. Um grande sonho, que vi como impossível foi realizado em minha vida hoje.
Aproveito a oportunidade para agradecer, também, a advogada Drª Ana Meire Gois, que me acolheu, que foi testemunha de minhas angústias e me representou nesta causa, já que antes, fui renegada arbitrariamente por outros advogados que aqui atuam.
J...

*  A fênix ou fénix (em grego ϕοῖνιξ) é um pássaro da mitologia grega que, quando morria, entrava em auto-combustão e, passado algum tempo, renascia das próprias cinzas. Outra característica da fénix é sua força que a faz transportar em voo cargas muito pesadas, havendo lendas nas quais chega a carregar elefantes. Podendo se transformar em uma ave de fogo.
Teria penas brilhantes, douradas, e vermelho-arroxeadas, e seria do mesmo tamanho ou maior do que uma águia. Segundo alguns escritores gregos, a fénix vivia exatamente quinhentos anos. Outros acreditavam que seu ciclo de vida era de 97.200 anos. No final de cada ciclo de vida, a fénix queimava-se numa pira funerária. A vida longa da fénix e o seu dramático renascimento das próprias cinzas transformaram-na em símbolo da imortalidade e do renascimento espiritual.
Fonte: Wikipédia


[1] Publicada com a autorização expressa do remetente, incluído a sugestão da ilustração com a Fênix.


Nenhum comentário: