terça-feira, 24 de maio de 2011

Exercícios de lógica incompletos e não resolvidos sobre “maconheiros”



Será que algum seguidor deste blog é expert em Lógica e pode me ajudar neste imbróglio que me meti? Os nomes dos personagens é uma homenagem aos meus queridos e renomados mestres de Direito Penal.

Exercício I
Mévio é pobre, fuma maconha e rouba.
a) Todos os Mévios são pobres?
b) Todos os Mévios fumam maconha?
c) Todos os Mévios são pobres fumam maconha e roubam?

Exercício II
Caio é rico, também fuma maconha, mas não rouba.
a) Todos os Caios são ricos?
b) Todos os Caios fumam maconha
c) Todos os Caios são ricos, fumam maconha e não roubam

Exercício III
Mévio e Caio fumam maconha, mas apenas Mévio rouba.
a) Quem fuma maconha rouba?
b) Quem não fuma maconha não rouba?
c) Mévio rouba porque fuma maconha?
d) Caio não rouba porque fuma maconha?

Exercício IV
Mévio é pobre, fuma maconha e rouba; Caio é rico fuma maconha e não rouba.
a) Todos os pobres fumam maconha?
b) Todos os ricos fumam maconha?
c) Todos os pobres que fumam maconha roubam?
d) Todos os ricos que fumam maconha não roubam?

Exercício V
Mévio é pobre, fuma maconha, não tem dinheiro para comprar e rouba; Caio é rico, fuma maconha, tem dinheiro para comprar e não rouba.
a) Todos os pobres que fumam maconha e não tem dinheiro para comprar, roubam?
b) Todos os ricos que fumam maconha e tem dinheiro para comprar, não roubam?
c) Quem fuma maconha, seja pobre ou rico, pode roubar ou não roubar?
d) Quem não fuma maconha, seja pobre ou rico, pode roubar ou não roubar?

Exercício VI
Mévio é pobre, fuma maconha, não tem dinheiro para comprar maconha, rouba e pode ser preso por que roubou; Caio é rico, fuma maconha, tem dinheiro para comprar maconha, não rouba e por isso não será preso por que não roubou.
a) Quem fuma maconha, não tem dinheiro para comprar maconha e rouba, será preso por que fuma maconha ou por que rouba?
b) Quem fuma maconha e tem dinheiro para comprar maconha, não será preso por que fuma, por que tem dinheiro para comprar maconha ou por que não rouba?
c) Quem fuma maconha pode ser preso por que fuma maconha ou por que não tem dinheiro e rouba para comprar maconha?

Exercício VII
Mévio e Caio fumam maconha; um é pobre e outro rico; um tem dinheiro para comprar maconha e outro não; um rouba para comprar maconha e o outro não; um pode ser preso por que rouba e o outro não.
a) Mévio fuma maconha por que é pobre?
b) Mévio rouba por que é pobre?
c) Mévio é pobre por que fuma maconha?
d) Mévio rouba por que fuma maconha?
c) Mévio pode ser preso por que é pobre, fuma maconha, não tem dinheiro para comprar e rouba?
d) Caio fuma maconha por que é rico?
e) Caio não rouba por que é rico?
f) Caio é rico por que fuma maconha?
g) Caio não rouba por que fuma maconha?
h) Caio não pode ser preso por que é rico, fuma maconha, tem dinheiro para comprar e não rouba?


10 comentários:

Marli Miotta disse...

Nem todos os maconheiros pobres roubam.
nem todos os maconheiros pobres não roubam.
Nem todos os maconheiros ricos roubam.
Nem todos os maconheiros ricos não roubam.
nem todos os maconheiros são necessariamente ricos ou pobres.
Mas todos os maconheiros são humanos.

Fernanda disse...

Excelente!
Quem são os maconheiros e como fazem para conseguir a droga? Por que o judiciário olha para aquele que rouba para fumar como um delinquente e não como um doente? Dependente químico precisa de tratamento e não de cadeia.

Fernanda disse...

Excelente.

Quem são os maconheiros?
Por que o judiciário trata aquele que rouba para ter como consumir como criminoso e não doente? Dependência química merece tratamento de saúde e não sistema carcerário.

Que as crianças cantem livre disse...

Nisso eu concordo, mas se for assim, outras marchas podem ser requeridas....
Ou todo mundo marcha e não faz apologia criminosa ou ninguem marcha para não existir privilégios!

Imagina se a turma que traficava no Complexo do Alemão ( presumo exilados hoje) quiser fazer uma marcha para poder ter o direito de vender a erva? Tem que conceder o HC para eles também!!! É mero direito de manifestação!!!

Criminosas as duas condutas são! Se a primeira marcha não é apologia, a segunda também não há de ser.

Isonomia, todos são iguais perante a lei, inclusive eventuais manifestantes democraticos!

Sempre considerei o usuário cumplica/comparsa do traficante. Sem o usuário o traficante não existiria!

Bruna Farias disse...

E mais... Pra mim não rola esse papo de "é questão de saúde pública".
Quando alguem começa a usar drogas e um colega, amigo ou parente diz: "Não faça isso"... "Não está certo"... "Isso não é bom pra você". O que ouvimos como resposta, na maioria dos casos, é: "A vida é minha. Faço dela o que bem entender e você não tem nada a ver com isso."
Por que passa a ser questão de saúde PÚBLICA quando tudo que prevemos e advertimos começa a acontecer?
Do meu ponto de vista, não é problema PÚBLICO no começo e não deve ser problema PÚBLICO no final.
Usar ou não drogas é uma questão de escolha. E aí cabe a cada um arcar com as consequências de seus atos.

Proto Jurista Jundiaiense disse...

Finalmente um venerável membro do Judiciário Brasileiro se manifestou favorável à liberdade de expressão. Fico perplexo ao apreciar a tamanha quantidade de julgados que envolvem situações análogas a esta da marcha, acabando na maioria por pontuar de forma absurdamente autoritária e inconstitucional pela "proibição" do exercício requerido (mesmo que os indivíduos só estejam sujeitos à proibições ou permissões em virtude de lei).

Tal marcha não é mais do que uma manifestação da democracia, onde os cidadãos que dela participam fazem expor seu descontentamento e sua discordância em relação a um dispositivo legal de caráter penal (que proibe o uso de certa substância que estes acreditam não haver de ser proibida, por razões diversas).

Se o povo não puder contestar a lei e manifestar-se no sentido de que a mesma seja reformada/alterada, então estamos em uma ditadura, retrocedemos algumas décadas. Parabéns!

Não importa o que está sendo requerido/pretendido com a marcha. Esta questão será apreciada no momento oportuno pelas autoridades competentes - caso a marcha tenha sucesso em chamar a atenção de tais autoridades para a apreciação de sua questão. Todos possuem o direito de manifestar-se da forma que quiserem sobre qualquer coisa (é claro, de forma responsável)... se o que desejam é bom ou ruim para a sociedade, isto será decidido depois e não deve ser confundido com o direito de expressão.

Para quem quiser se aprofundar melhor no assunto, há a interessante ADIN/4274 e a ADPF/187, ambas iniciadas perante o STF pela PGR, visando fazer eficaz o direito destes manifestantes. Suas íntegras podem ser obtidas no site do STF pela busca com os números acima fornecidos, ou acessando os links abaixo que retirei do site oficial para facilitação:

http://www.stf.jus.br/portal/geral/verPdfPaginado.asp?id=400202&tipo=TP&descricao=ADI%2F4274
(ADIN 4274)

http://www.stf.jus.br/portal/geral/verPdfPaginado.asp?id=400195&tipo=TP&descricao=ADPF%2F187
(ADPF 187)

Pensem com consciência e visando o progresso, sempre, assim como o autor deste maravilhoso Blog.

Rodolfo B.J disse...

Creio que o maconheiro n pode ser criminalizado! a não ser que seja analizado o contexto pessoal.

eduardo disse...

Que as crianças cantem livre...o que quis dizer??? perdoe-me tamanha franqueza e ultrajante concisão, mas és uma plantinha, nasceu no chão e acabou, utilizam-se as flores para diversos fins, então, deixemos de lado o discurso norteamericano de repressão e toda aquela estoria da "marijuana", poderosa erva que despertava no sujeito ( lê- se mexicanos e qualquer outro hermano)e o tornava capaz de tudo, de ruim, é claro, inclusive tirar o emprego dos prórpios americanos, visto que "aumentava a força e resistência" do usuário, tornando-o assim uma máquina para trabalhar e para dar trabalho a policia tambem, brigando, roubando....etc, portanto, uma concorrência desleal para os nativos yankes, além de tantas outras historias loucas e mirabolantes , lendas norteamericas, eles vivem disso e se superam a cada dia, na última mataram Bin Laden, terrorista de 1,90 procurado por quase 10 anos, tempo suficiente para ter material e fazer um filme ao estilo, advinhe? pula essa! As Caravelas tinham suas velas feitas de canhãmo, a fibra da planta cannabis e por muito tempo foi utilizada, até começar a competir com o algodão que se tornava a cada dia uma industria mais forte e organizada, o que nem precisa lembrar que naquela época já haviam conchavos e facilitações de todos os lados para chegar e se manter na política, por isso,a industria de algodão tinha ao seu lado, politicos e poderosos responsáveis pelas leis, surgindo assim toda a historia que hoje em dia faz tantas e tantas vitimas, principalmente quem "só fuma umzinho". Lamentável, e ressalto que não estou a defender parcialmente esta questaão, apenas apresentei os fatos , não verdades , mentiras, nem lados, há fatos e fatos reais, baseados em fatos naturais.

PS: NÃO PARTICIPEI DA MARCHA! NEM SOU MACONHEIRO. SOU UM SEGUIDOR DO CONTRATO SOCIAL E DE ALGUMAS REGRAS MORAIS INCONDICIONAIS, AS VEZES, CONFESSO, SOU SEDUZIDO PELO AROMA E GOSTO DO CHÁ E NÃO RESISTO, QUE MAL FAZ UM BOM VINHO, UM BOM FUMO...SE FOR PARA SER EXECRADO, JULGADO, ROTULADO POR FAZER USO RECREATIVO EM ALGUMAS OCASIÕES QUE JULGO OPORTUNAS, POR GENTILEZA, ME CHAMEM DE BOMCONHEIRO.

Grande Abraço Professor....

Anônimo disse...

Nao creio que o mau se encontra em uma planta ou composto quimico de uso pessoal, mas certamente o mau ou bem é uma manifestação do ser humanomovido pela sua racionalidade,
a extinção dos ingestiveis para fins de prazer pessoal nao garante que a criminalidade vá acabar, epocrizia
normalmente defende objetivos obscuros e bem mais criminosos do que
o uso da ervinha falada heim?

Reinaldo Del Dotore disse...

Almeida é rico, cheira cocaína e sonega. Ditão é pobre, fuma maconha e não rouba.

a) Almeida não será preso porque cheira cocaína?
b) Almeida não será preso porque é rico?
c) Almeida não será preso porque apenas sonega?
d) Ditão será preso porque é Ditão?